30 anos de pesquisa!

30 anos a família Colonnese procurava pelo registro de nascimento deste bravo italiano! 30 anos!! Uma verdadeira saga. E parecia impossível localizar.

Sem saber mais como pesquisar, a família nos procurou em maio de 2019. Foram bons meses de pesquisa com uma pandemia no meio que fechou arquivos por toda a Itália tornando mais difícil concluirmos este trabalho.

Até que, em novembro de 2020, localizamos onde encontra-se arquivado o registro de nascimento de Luigi Colonnese.

Acquaformosa! Um pequeno comune com pouco mais de 1.000 habitantes localizado na província de Cosenza, sul da Itália. Foi lá que, em setembro de 1873, nasceu o caçula dos sete filhos de Francesco e Maddalena.

A complexidade desta pesquisa se deu devido ao fato da família ter se locomovido bastante pela província de Cosenza ao longo do tempo. Os primeiros filhos nasceram no comune de Paola, os seguintes, no de Cerzeto e Luigi e uma das irmãs, em Acquaformosa.

Esta mobilidade fez com que tivéssemos que consultar muitos e muitos mais livros de registros até que chegássemos ao tão procurado nascimento de Luigi Colonnese.

Atto di nascita di Luigi Colonnese.

Um registro que nos apresentou uma particularidade importante de ser considerada para quem deseja reconhecer a cidadania italiana.

No livro de nascimento de 1873 conservado pelo “Comune di Acquaformosa”, o sobrenome da família está grafado como COLONNESE (com NN). No entanto, no livro conservado pelo “Archivio di Stato di Cosenza” que seria a duplicata fiel do registro, o sobrenome aparece como COLONESE (com um N).

À esquerda, cópia do livro do “Comune di Acquaformosa” / À direita, cópia do livro do “Archivio di Stato di Cosenza”

Qual grafia considerar para efetuar a retificação do sobrenome da família nos documentos brasileiros?

A que foi registrada no livro que está no comune, que neste caso é COLONNESE. É a partir dos dados que constam neste registro que o oficial do comune de Acquaformosa emite a certidão de nascimento.

Ao finalizarmos esta pesquisa tivemos a honra de receber dos nossos clientes três coisas que me emocionaram demais:

1// Fotografias de Luigi

Meus olhos sempre se enchem de lágrimas quando vejo a imagem da pessoa que pesquiso se materializar na minha frente. É difícil colocar em palavras esta sensação mas é como se aquela pessoa, nascida no século XIX, ganhasse vida novamente! Ocorre uma conexão entre mim e ela e isso me emociona muito.

Luigi Colonnese, sua esposa Rosa e filhos.

2// Relato familiar sobre Luigi

Este foi o texto que li no relato deixado por um dos filhos de Luigi:

“… os seus quatorze filhos todos presentes e grande número de parentes e amigos, choravam e despediam-se daquele grande herói que foi…” “…o tem no coração de todos que o conheciam pela sua bondade, pela sua dignidade, pelo seu grande e forte espírito e pelo seu brio e caráter.”

Luigi Colonnese migrou para o Brasil sozinho e muito novo. Uma vida que parece ter sido difícil mas mesmo assim, construiu sua passagem baseada em nobres valores. Que honra para mim poder ajudar a resgatar a memória de uma pessoa assim!

3// Vídeo com o depoimento dos nossos clientes

Os depoimentos mais sinceros que recebi sobre o meu trabalho. Jorge Coloneze e Fernando Coloneze, pai e filho, nossos clientes, neto e bisneto do nosso pesquisado, dedicaram tempo de suas vidas para gravar este belo vídeo que tenho a felicidade de poder apresentar como depoimento sobre o nosso trabalho. Muito obrigada!

Por Bárbara Ferreira
Gerente de Pesquisas do Diário

2 comentários Adicione o seu

  1. Maria Carvalho disse:

    Parabéns,Barbara, pelo seu trabalho de pesquisa da família Colonnese. Tenho certeza de que vc foi guiada pela mão de Deus para que seus descendentes, não só tivessem acesso ao que desejavam,mas pela linda história de vida que ele deixou para seus filhos, netos e bisnetos
    Emocionei- me com o relato que acabei de ler,pelo retrato guardado por aqueles que guardam em seus corações a figura de um homem que deixou nobres exemplos para as gerações.que se seguiram.Grande sucesso pelo trabalho executado.

    1. Barbara Ferreira disse:

      Cara Maria, obrigada pelas palavras. Fico feliz de saber que esta linda estória te emocionou. Eu acabei criando uma conexão forte com esta família porque são pessoas realmente muito legais. Foi uma satisfação muito grande para nós, poder concluir esta pesquisa.

Deixe uma resposta