Pesquisa de entrada de imigrantes no Brasil

Este mês completou  111 anos que um corajoso rapaz italiano de 15 anos de idade chegou no Brasil.

PASQUALE MAGNELLI desembarcou sozinho no Porto do Rio de Janeiro em 10 de novembro de 1906. Me perco imaginando pelo que deve ter passado um rapaz tão novo para ter tomado a decisão de  cruzar o oceano  rumo a uma terra distante e desconhecida.

Pasquale foi o bisavô do meu marido. Graças aos registros de entrada de estrangeiros no Brasil, pude conhecer um pouco mais sobre a história de vida do Calabrês que permitiu que eu estivesse residindo na Itália hoje.

 

 

Grande parte destes registros encontram-se digitalizados e disponíveis para consulta online. É uma excelente fonte de  pesquisa para quem busca informações sobre seus antepassados italianos.

O Arquivo Nacional do Rio de Janeiro possui um precioso acervo  sobre a entrada de estrangeiros no país. Nele é possível  consultar  as listas de entradas de estrangeiros nos portos brasileiros.

Foi na base de dados “Entrada de Estrangeiros no Brasil – Porto do Rio de Janeiro“, que encontrei o registro do Pasquale.

Para  imigrantes que  seguiram para outras cidades, a pesquisa pode ser feita nos seguintes links:

 

Deixe uma resposta