4 comentários Adicione o seu

  1. Elza disse:

    Oi, Barbara,acho superlegal o seu blog com a finalidade de ajudar…então,aqui deixo uma dica.Após exaustiva procura da certidão de casamento dos avós do meu marido em Nova Bassano-RS(aonde moraram) e nada. Depois seguindo as conversas de parentes que diziam que eles poderiam ter casados em Caxias do Sul-RS,comecei a ligar aos cartórios ,mas tinha que depositar uma quantia para eles pesquisarem. Então,correr ao banco,depositar e passar fax…e esperar. Ligar para saber que não tinham encontrado…assim foi com mais 2 cartórios.
    Quase 15 dias depois,li na internet,que alguem tinha achado numa igreja.Pela internet descobri o telefone de uma Paróquia de Nova Bassano e não é que a tal certidão estava lá? E é bom para o pessoal que está atras de dcmts antigos perguntar qdo o cartorio foi fundado,para não perder tempo e dinheiro.O avô do meu marido é Bortollo Pellegrini e foi casado com a Catharina Carollo.
    Natural de Calvene,Província Vicenza,região Vêneto.
    Moraram em RS e depois em SC(Joaçaba)
    Abcs,Elza Pellegrini

    1. Bárbara Ferreira disse:

      Legal a dica, Elza!

  2. Elza disse:

    Esqueci de postar anteriormente…as certidões de inteiro teor só são liberadas no estado do RS perante a autorização de um Juiz de Direito.Estamos com a cert. de nascimento do pai do meu marido “emperrada” na cidade de Andre Rocha-RS,pois o cartório só atende na sexta-feira e qdo a gente liga nesse dia da semana,não tem ninguém. O Juiz da comarca é de Nova Prata, então imaginem a paciéncia e fé pra que tudo dê certo para cumprir com o prazo dado pelo consulado.
    Abcs,Elza Pellegrini de Curitiba Pr

    1. Bárbara Ferreira disse:

      Puxa, que burocracia! Aqui no Rio as certidões de inteiro teor podem ser solicitadas por qualquer um.
      Boa sorte pra vc, Elza!

Deixe uma resposta