Durante o carnaval

Aqui no Brasil é carnaval. Estamos na casa no meu cunhado. Conversa vai, conversa vem, começamos a falar sobre como está o processo para o reconhecimento da cidadania. Passei para eles os valores orçados para a busca da certidão do Paschoal. Decidimos fazer com o Marcos. Mandei um email para ele confirmando a contratação do serviço. Estamos todos empolgados, esperançosos para resolver logo esta questão.

 


Informação Importante (publicada em 19 de abril de 2017):
Marcos, a pessoa que fez a busca da nossa certidão na Itália, não mais presta este serviço há alguns anos. Atualmente moro na Itália prestando o serviço de pesquisa genealógica e busca de certidões italianas.

1 comentário Adicione o seu

  1. Saudações, Bárbara!

    Também faço estas loucuras deliciosas! Busco informações que muitas vezes não me foram passadas pelo meu nonno e nonna e me sinto uma desbravadora dos tempos.

    Tenho 24 anos, e desde menina pergunto sobre as nossas origens e aos 14 que comecei a ler sobre cidadania italiana e buscar informações sobre meus italianos.

    Eu gostaria de saber quanto o Marcos Zucchini lhe cobrou para buscar a certidão do antepassado italiano de seu esposo???

    meu e-mail:

    alinepetroni@yahoo.com.br

    Ficaria muito feliz de trocarmos idéias… sexta-feira passada (16/01/09) recebi minha certidão NEGATIVA de naturalização do meu bisnonno! Veio super rápido! enviei em 18 de dezembro de 2008 e recebi o documento 16 de janeiro 2009!

    Eu já enviei em dezembro/2008 cartas para o Archivio di Stato e para o Ufficio dello Stato da provincia e comune de meu bisnonno…vamos ver se eles vão demorar…

    abraço!

    Aline Petroni

Deixe uma resposta